TALENTO E SORTE DE CAMPEÃO

Pneus, Bandeiras e Safety Car

por Júnior Ribeiro

BANDEIRAS E SAFETY CAR

A Fórmula 1 retornou ao seu berço neste final de semana e comemorará seu aniversário de 70 anos no mesmo circuito na próxima corrida.

A corrida de hoje se iniciou com a água fria de que o carro de Hulkenberg, substituto de Perez, não tinha condição de fazer a largada. As primeiras voltas, no entanto, trariam o primeiro longo Safety Car após toque de Albon em Magnussen, que fez o piloto da Haas colidir violentamente. Como consequência o piloto Tailandês teve uma punição de 5 segundos, cumprida no pitstop.

O outro Safety Car viria após uma rodada violenta de Kvyat, o que levou basicamente todos os carros para os boxes, exceto por Grosjean. A insistência em permanecer na pista do outro piloto da Haas o fez criar algumas das situações de bandeira “preta e branca”, quando foi advertido por movimentação excessiva ao defender sua posição. Stroll também recebeu a mesma advertência.

PÓDIO PARA A FERRARI

Leclerc apesar da pressão no início da corrida e nas relargadas, teve uma prova razoavelmente tranquila, estando muitos segundos atrás de Verstappen e com certa vantagem para os carros que vinham atrás. Essa posição até certo ponto confortável lhe prometia um quarto lugar, mas o colapso do pneu dianteiro esquerdo de Bottas lhe rendeu uma posição no pódio.

OS PNEUS

Valtteri Bottas (77)

Três pilotos tiveram o pneu dianteiro esquerdo colapsado no final da corrida: Bottas, Sainz e Hamilton. Bottas que tentou pressionar o dono da casa, estando a maior parte do tempo dentro dos 2 segundos de diferença, viu toda a sua corrida se destruir quando o pneu estourou bem longe dos boxes, o que o fez despencar para fora da zona de pontuação. Sainz que estava a uma posição de Leclerc também amargou igual fardo.

Após o estouro do pneu de Bottas, Verstappen que herdou sua posição e não tinha possibilidade de ameaçar Hamilton e tampouco de ser ameaçado por Leclerc, fez a troca de pneus na esperança de fazer a volta mais rápida. A “ganância” cobrou seu preço, pois Hamilton também teria seu pneu estourado na última volta, completando a duras penas a prova e não sendo superado por poucos segundos.

Hamilton e o pneu dianteiro esquerdo colapsado

O CAMPEONATO

Com Bottas fora da zona de pontuação na corrida de hoje, Hamilton abre 30 pontos de vantagem e Verstappen fica a 6 pontos de Bottas. Norris aparece em quarto lugar com 36 pontos e Leclerc o segue de perto com 33. Vettel que sofreu durante todo o final de semana está em 13º, com 10 pontos.

No campeonato de Construtores a Mercedes lidera com folga, estando 68 pontos na frente da Red Bull que tem 78 pontos. McLaren aparece em terceiro com 51 pontos. Ferrari possui 43 e Racing Point 42.

fonte: Formula1.com