[GP México] Dia de Verstappen

Dia de Verstappen, Tetra de Hamilton!

por Júnior Ribeiro

 

Os momentos que antecederam a prova já demonstravam que Max Verstappen não iria facilitar no México. O pódio perdido nos Estados Unidos e a pole tomada no último instante da Classificação no México deram ao holandês ainda mais motivos para brigar na largada. E foi o que aconteceu. Aproveitando a imensa reta que antecede a primeira curva no circuito mexicano, Verstappen deu um jeito de se sobrepor a Vettel e tomou a primeira posição, não bastasse isso, um toque entre os líderes do campeonato o deixaria sozinho de cara para o vento a prova inteira.

Facilidade

Incrível foi a facilidade com que o jovem piloto holandês se destacou e superou Bottas, que o seguia na segunda posição. Os tempos de Max estavam tão baixos em relação à maioria dos competidores que a equipe solicitou mais de uma vez que ele diminuísse o ritmo, principalmente após os abandonos de outros pilotos equipados com motores Renault, inclusive Ricciardo.

Outros Abandonos

Também abandonaram a prova: Brendon Hartley, Carlos Sainz Jr., Hulkenberg e Ericcson.

Outros Destaques

Felipe Massa fez um pitstop logo no início da corrida, pois a equipe identificou um problema em seus pneus. Ele sobreviveu no final da zona de pontuação até que Hamilton finalmente o superou, deixando-o na décima primeira posição. Alonso protagonizou aquele talvez tenha sido o momento mais emocionante da prova, ao brigar com Hamilton pela nona posição. Perez, o dono da casa, muito se esforçou, mas terminou em sétimo, duas posições atrás de Ocon, com Stroll no meio deles.

Homenagem às Vítimas do Terremoto

Como previsto, na volta 19 do Grande Prêmio os torcedores se levantaram e com as mãos fechadas e erguidas prestaram homenagem aos mortos no terremoto ocorrido no dia 19 de setembro. Um momento para ficar na história.

Tetra de Hamilton – Veja outro post sobre isso

Apesar das emoções e momentos espetaculares, o Grande Prêmio do México deste ano ficou marcado pelo tetracampeonato de Hamilton. O britânico teve resultado que não fez jus ao título, mas que com certeza não diminuiu em nada a sua glória.

E agora vamos para o Brasil! O vice-campeonato ainda está aberto!