[GP Itália – classificação] O piloto do dia foi… do Safety Car!

por Jaqueline Trevisan Pigatto

O fim de semana em Monza começou normalmente na sexta-feira, mas no sábado, o último treino livre já foi atrapalhado pelo mau tempo. Cogitou-se até mesmo adiar a classificação para o domingo, mas seguiu-se o cronograma. 

A chuva causou uma bandeira vermelha já no Q1. Grosjean bateu por falta de visibilidade, enquanto Hamilton liderava. A demora em retomar a sessão gerou vaias do público presente no circuito. Mesmo com a chuva já tendo cessado, a direção de prova e o piloto do Safety Car ainda não liberavam a pista para o retorno dos carros. A espera foi tanta, que a chuva voltou, porém não tão intensa quanto antes.

Os fãs que não estão em Monza também ficaram muito frustrados. Charlie Whiting ficou nos trending topics do Twitter, Hamilton fez transmissão ao vivo no Instagram e jogou videogame com Bottas, tudo enquanto o treino estava paralisado. Nas redes sociais, a polêmica do caso Bianchi ressurgiu, com opiniões contra e a favor de retomar a sessão nas condições de chuva. A FIA deveria criar um protocolo melhor para esse tipo de situação, ao invés de adiar continuamente a cada 15 minutos a retomada das atividades. Afinal, temos pneus de chuva e pilotos ansiosos para correr!

Deve-se reconhecer, também, que apesar da frustração, a F1 tem uma legião fiel de fãs, que ficaram a manhã toda (aqui no Brasil) esperando e mantendo a #ItalianGP em primeiro lugar dos trending topics do Twitter!

Às 11:40h pelo horário de Brasília, o Q1 foi reiniciado! Com todos correndo nos pneus de chuva, Bottas liderou, seguido por Hamilton, Vettel, Verstappen e Stroll! Foram eliminados Magnussen, Palmer, Ericsson, Wehrlein e claro, Grosjean.

O Q2 trouxe uma mistura de escolha de pneus: Mercedes e Ferrari entraram de intermediários, mas outros preferiram continuar com os pneus de chuva, como Verstappen. Hamilton liderou, seguido por Bottas. Quem surpreendeu foi Stroll, mais uma vez, que fez o 5° melhor tempo, contra o 8° de Massa, e Vandoorne, o parceiro de Alonso que ficou com o 9° tempo. Ficaram de fora pela disputa da pole Perez, Hulkenberg, Alonso, Kvyat e Sainz.

A chuva voltou a ficar um pouquinho mais forte no Q3 e quem estava de intermediários teve que voltar para os pneus azuis. A visibilidade prejudicou os minutos finais, e enquanto Mercedes e RBR estavam na ponta, as Ferraris lutavam nas últimas posições para tentar melhorar seus tempos. Ocon e Stroll fizeram suas melhores performances em uma classificação. E embora as RBR tiveram tempos de primeiras filas, suas punições acabam por jogar Ricciardo e Verstappen para trás. Independente, o melhor tempo foi mesmo de Hamilton. Confira abaixo como terminou o longo e louco treino classificatório para o GP da Itália:

Resultados Q3

1 Hamilton 1m34.660s
2 Verstappen 1m36.113s
3 Ricciardo 1m36.841s
4 Stroll 1m37.002s
5 Ocon 1m37.580s
6 Bottas 1m35.396s
7 Räikkönen 1m37.031s
8 Vettel 1m36.223s
9 Massa 1m37.456s
10 Vandoorne 1m37.471s