[GP Europa] Alemanha em Baku, com tempero mexicano

por Jaqueline Trevisan Pigatto

ClUl6ONVYAAMaS3

Era esperado mais. Apesar de um resultado que favorece a rivalidade do campeonato,  agora que Hamilton está um pouco mais distante de Rosberg novamente, Baku foi um tanto quanto monótona. A tão esperada pista de rua que traz alta velocidade e curvas estreitas deixou o receio dos pilotos falarem mais alto, como ficou claro logo na largada. Nenhuma batida, nada de bandeira amarela. Todos foram muito cautelosos. Nem mesmo alguns plásticos que invadiram a pista atrapalharam os carros a ponto de deixar a corrida mais estilo “loteria”.

A expectativa então era Hamilton. O inglês, que largou na décima posição, teria que recuperar muitas posições para tentar alcançar Rosberg. Mas o volante não colaborou. Lewis alcançou no máximo a quinta posição, quando se perdeu com os botões, e agora o regulamento não permite mais que a equipe o auxilie pelo rádio dizendo o que ele deve fazer. Teve que se virar sozinho, o que não pareceu dar muito certo. O mesmo aconteceu com Räikkönen ao final da prova, mas seu lugar no pódio já estava comprometido por outra situação.

ClUi_V4UgAAPpmx

Kimi aparentemente violou uma regra na entrada dos boxes, ao cruzar uma linha que não deveria ser cruzada. Sua única parada lhe custou 5 segundos a mais em seu tempo final de prova, o que não impediu o astro do final de semana, Sergio Perez, de ultrapassá-lo e garantir a terceira posição na pista (que ele conseguiria mesmo chegando em quarto, pois estava a menos de 5 segundos do finlandês). Perez sem dúvida mereceu o pódio, vem em uma ótima fase e não comete mais loucuras como fazia há uns anos atrás. Mas também merecia Kimi, que fez uma única parada na volta 9, administrando muito bem o restante da corrida.

As RBR não chegaram a ameaçar, assim como as Williams. E só para citar as McLarens, houve uma boa briga entre Button e Alonso pela décima-segunda posição, mas o espanhol teve problemas mais uma vez e, após ser ultrapassado diversas vezes (inclusive por Nasr), abandonou a prova. Nasr aliás que já se destacou ontem na classificação passando para o Q2, hoje terminou em um ótimo 12° lugar. Massa que largou em 5°, chegou apenas em 10°.

O protagonismo ficou mesmo por conta das Ferraris e da Mercedes de Rosberg, além da Force India. Baku por si só também protagonizou o domingo, com sua belíssima paisagem urbana e uma pista desafiadora. Certamente um pouco mais emocionante do que Mônaco. Agora a F1 tira uma “folga” de 15 dias, que sem dúvida farão Hamilton muito ansioso pela próxima etapa, na Áustria, para mais uma vez, tentar recuperar o campeonato.

ClUpf9FWAAA-tuJ

A primeira corrida de Baku terminou assim:

results

E o campeonato agora ficou com uma maior vantagem para Rosberg, mas nada que não dê para Hamilton recuperar:

ClUqYWIWMAAAdNY