[GP Espanha] Pole de Hamilton, show de Verstappen

por Jaqueline Trevisan Pigatto

Apesar de até o último treino livre o placar estar 3×0 para Rosberg, contra Hamilton, o inglês levou a melhor em uma emocionante disputa. Dessa vez não restringida as Mercedes, RBR e Ferrari também protagonizaram ótimos duelos internos.

27325a72-16c0-4e7a-9407-fa2fbcf4e060_800

Max Verstappen, que migrou da STR para a RBR na troca com Kvyat, não decepcionou e chamou a atenção desde o Q1. Quando já estava no Q3, seu nome já era trending topic mundial no Twitter. Kvyat, por outro lado, começou bem, chegando a ocupar a sétima posição no Q1, mas sendo eliminado no Q2. Fernando Alonso também teve uma boa classificação, chegando a ficar em sexto no Q1 e levando sua McLaren até o Q3, o que Jenson Button por pouco não conseguiu. A surpresa do Q1 ficou por conta do brasileiro Felipe Massa, que provavelmente por erro de estratégia da equipe, não conseguiu sair para marcar tempo no melhor momento, pegando tráfego que o deixou para largar na décima oitava posição. Além dele, foram eliminados nessa primeira etapa Palmer, Ericsson, Nasr, Wehrlein e Haryanto.

O piloto que conquistaria a pole foi o primeiro a entrar na pista no Q2, com um novo jogo de pneus macios. As Mercedes, sempre entrando logo no início, já marcavam suas rápidas voltas com a pista livre, para depois apenas melhorá-las. Verstappen continuou marcando ótimos tempos, sempre junto ao pelotão da frente e sempre mais rápido que seu novo companheiro, Daniel Ricciardo. O garoto chegou a ficar atrás das Mercedes e na frente das Ferraris. Alonso conseguiu garantir sua vaga no Q3 por 0.011s, tirando Hulkenberg do jogo e deixando o alemão para largar em décimo primeiro. Atrás dele, saíram Button, Kvyat, Grosjean, Magnussen e Gutierrez.

3a3ff43b-ec34-43e7-8b23-a27cfcf5fe6f_800

O Q3 trouxe emoção com as 3 primeiras equipes do grid. Hamilton deu uma bela travada de pneu na sua primeira volta, deixando a pole provisoriamente com Rosberg. Restando 6 minutos para o final do treino, Verstappen chegou a ser mais rápido que o inglês da Mercedes, mas acabou sendo superado pelo próprio companheiro, Ricciardo, que em um excelente trabalho garantiu a terceira posição no grid. Max sai logo atrás, em quarto. Christian Horner com certeza está muito feliz. Fernando Alonso, que corre em casa, chegou a ficar na frente das Ferraris por um breve momento, mas acabou na nona posição, seguido por seu compatriota Carlos Sainz. Räikkönen se colocou a frente de Vettel, e as Ferraris largam em quinto e sexto, respectivamente.

Cia1o1RWwAARRJP.jpg large

Com Hamilton superando Rosberg na classificação, a corrida amanhã promete, especialmente na largada. Quem vai sair melhor? Quem terá a melhor estratégia? Verstappen vai conseguir pódio, ou superar Ricciardo? E as Ferraris, onde ficam? Massa fará uma boa corrida de recuperação? Fica a torcida para que todas essas emoções não tenham se restringido apenas ao treino classificatório, e que o menino Verstappen brilhe ainda mais. Um garoto jovem e talentoso na RBR… lembra muito um certo tetracampeão. Claro, muito cedo para afirmar alguma coisa, mas que torna acompanhar a temporada muito mais interessante, isso com certeza.

Confira como está o grid para a largada amanhã, 9h, horário de Brasília:

Cia0v5XUUAAlHfy.jpg large