[GP da Bélgica] Um minuto de silêncio

Triunfo de Leclerc, clima de tristeza

por Júnior Ribeiro

Todos sabem que o esporte a motor é um esporte arriscado, em que se anda no limite do fio da navalha e que a morte é a espectadora mais próxima e ansiosa por erros. Mas as melhorias em termos de segurança dos bólidos, da pista, das áreas de escape e das barreiras de proteção transmitem uma falsa sensação de invulnerabilidade, ao menos aos fãs mais desatentos.
Já faz um tempo que as principais categorias do automobilismo se desacostumaram com a morte prematura de pilotos durante o seu trabalho. Pois cada acidente, mais ou menos grave, acaba ensinando algo para que possa ser prevenido o próximo. A morte de Ayrton Senna, por exemplo, produziu grandes efeitos na estrutura dos carros e no modo como se pensa a corrida como um todo. Os acidentes de Felipe Massa, Jules Bianchi e Justin Wilson fizeram o mundo relembrar que apesar de tudo, ainda havia muito a ser feito, especialmente no que diz respeito a proteção da cabeça.

Anthoine Hubert
Anthoine Hubert


E de repente temos a triste notícia de uma morte. De repente todos percebem que não importa se o bico do carro está mais baixo, que a célula de sobrevivênca é virtualmente indestrutível. De repente todos se dão conta daquilo que Hamilton destacou: comete um erro quem pensa que o esporte a motor é um esporte seguro.


Obviamente serão pensadas novas estratégias para minimizar as chances de fatalidades e é esperado que o falecimento de Anthoine Hubert seja o último em qualquer categoria do automobilismo, mas que nunca nos esqueçamos que este é um esporte com fatores extremos, preenchido com humanos heróicos, mas ainda humanos.

Descanse em Paz, Anthoine Hubert (1996 – 2019)

O Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1

Charles Leclerc conseguiu finalmente ser superior na pista no Treino Classificatório e na Corrida. Demonstrando um ritmo forte durante todo o final de semana, o piloto monegasco chegou a ter sua vitória parcialmente ameaçada por Hamilton, que teve um desempenho melhor no fim da prova, com os pneus já bem gastos. Vettel que deveria pleitear ao menos a segunda posição, não foi capaz de se impor e terminou na quarta posição.
Com o resultado, Hamilton segue ainda mais líder. Bottas conseguiu um pouco de folga para Verstappen e Leclerc se aproximou um pouco mais de Vettel.

Leclerc no pódio, aponta para os céus, dedicando sua vitória a Anthoine Hubert
Leclerc aponta para os céus em homenagem a Anthoine Hubert


Confira neste link como está o campeonato.

VEJA OS POSTS MAIS RECENTES