[GP China] O campeonato tem 2 líderes

por Jaqueline Trevisan Pigatto

Sebastian Vettel deu um show como não se via desde seus tempos na RBR. A equipe de Ricciardo e Verstappen, porém, mostrou que está de fato na briga desse campeonato.

Antes da largada, as notícias que corriam era de uma previsão de tempo “limpo” e punições. Palmer e Grosjean foram punidos por ignorarem bandeiras amarelas ao final da classificação, enquanto Giovinazzi foi obrigado a trocar a caixa de câmbio, perdendo 5 posições. Quanto aos pneus, todos largaram de intermediários, exceto pelo espanhol Sainz, que largou de pneus super macios.

A largada ocorreu bem e sem punição para a saída fora de posição de Vettel (o carro ficou um pouco fora do colchete, mas o piloto da Ferrari não levou vantagem). Stroll foi tocado por trás por Perez e saiu da pista, abandonando a corrida na primeira volta. Assim, o safety car virtual foi aproveitado pelos pilotos para trocarem os pneus, pois a pista ainda estava úmida.

Na quarta volta o safety car real foi acionado após a batida de Giovinazzi, na reta de largada. Todos os carros tiveram que passar pelo pit lane e muitos aproveitaram para trocar os pneus. Encontrar o pneu com melhor aderência se mostrou um desafio. A pista no geral estava seca, mas alguns pontos ainda estavam muito molhados. Pouco antes da relargada, Bottas rodou sozinho e caiu para a 12a posição.

A briga se concentrou então entre as Ferrari e as RBR, enquanto Hamilton mantinha a liderança. Verstappen fez uma grande ultrapassagem em cima do companheiro Ricciardo e assumiu a segunda posição, enquanto o australiano segurava as Ferrari. A tensão foi grande. Mesmo mantendo a quarta posição por um bom tempo, Räikkönen reclamava de falta de potência do motor. Vettel o ultrapassou na volta 20. Já na volta 23, o alemão chegou a tocar em Ricciardo em uma belíssima ultrapassagem.

Bastou um errinho de freagem de Verstappen para Vettel deixá-lo para trás e assumir a segunda posição. Sem dúvida, uma das melhores corridas do alemão nos últimos anos. Mercedes e RBR também não deixaram de mostrar consistência, tendo as 3 equipes ocupando as 6 primeiras posições durante praticamente toda a corrida. Dentre os que deixaram a desejar estão Bottas e Massa. A McLaren também teve mais um domingo para esquecer, já que nem Vandoorne nem Alonso completaram a prova.

As voltas finais foram marcadas pela briga entre os pilotos da RBR pelo terceiro lugar. Verstappen foi atrapalhado pelo retardatário Grosjean, enquanto Ricciardo o pressionava. Após uma briga muito tensa, o garoto conseguiu segurar seu lugar ao pódio, cruzando a linha de chegada comemorando como se fosse o 1° lugar (ele havia largado em 16°). Hamilton conseguiu a 54° vitória da carreira, seguido de Vettel. Como inverteram o resultado do GP da Austrália, ambos ficaram empatados no campeonato. O alemão fica na frente da tabela por ter vencido primeiro, ou seja, mantém a liderança.

 

Abaixo você confere como terminou o GP chinês. A próxima corrida já é em 1 semana, no Bahrein. Não deixe de acompanhar toda a movimentação, treinos e corridas aqui no nosso site e em nossas redes sociais.

Os 10 primeiros no campeonato são:

1° Vettel, 43 pontos.

2° Hamilton, 43 pontos.

3° Verstappen, 25 pontos.

4° Bottas, 23 pontos.

5° Raikkonen, 22 pontos.

6° Ricciardo, 12 pontos.

7° Sainz, 10 pontos.

8° Massa, 8 pontos.

9° Perez, 8 pontos.

10° Magnussen, 4 pontos.