[GP Canadá] A pole volta a ser de Lewis Hamilton

por Jaqueline Trevisan Pigatto

O Q1 começou com a maioria dos carros usando ultra-softs, enquanto as Ferrari iam de super-softs. A briga aconteceu sem grandes novidades entre as duas principais forças da categoria, mas acabou com Bottas na ponta e Räikkönen apenas em 9°. Massa vem fazendo um fim de semana positivo, mas Stroll, que está correndo em casa, ainda não conseguiu um melhor desempenho, sendo eliminado já no Q1.  Wehrlein causou uma bandeira amarela ao fim do Q1, indo para a grama. Assim, foram decididas as últimas posições do grid: 16° Vandoorne, 17° Stroll, 18° Magnussen, 19° Ericsson e 20° Wehrlein.

O Q2 teve mais algumas escapadas da pista, mas nenhuma paralisação. Palmer e Sainz chegaram a rodar e retornar para a pista. Alonso perdeu potência em relação ao Q1 e as Mercedes mantiveram a ponta, agora com Hamilton. Foram eliminados 11° Kvyat; 12° Alonso; 13° Sainz; 14° Grosjean e 15° Palmer.

Não foi muito tempo depois do início do Q3 que Hamilton baixou o melhor tempo para a casa de 1m11s. A pole disputada com Bottas, Räikkönen e Vettel, acabou com o inglês mesmo, que abaixou mais ainda seu tempo até a bandeirada final. Essa é a pole de número 65 na carreira de Lewis, empatando com Ayrton Senna. Será que ele consegue a vitória amanhã também?

Confira abaixo o grid de largada. A corrida acontece às 15h, horário de Brasília.