[GP Bélgica – Classificação] Começa a reta final, com Hamilton na frente

por Jaqueline Trevisan Pigatto

@JaquePigatto

A F1 retornou das férias com uma das pistas preferidas entre pilotos e fãs: Spa, na Bélgica, continua linda e veloz, além de ter um tempo imprevisível. O campeonato entra em sua segunda metade, com a briga Hamilton x Vettel esquentando cada vez mais. Quem saiu na frente foi Kimi Räikkönen (que voltou das férias já renovando seu contrato com a Ferrari para 2018), que liderou o primeiro e o terceiro treinos livres. Logo antes do início da classificação para o grid, foi oficializada também a renovação de Vettel, que aparentemente fica com a equipe italiana até 2020. Niki Lauda chegou a admitir que houve tentativa de negociação para levar o tetra-campeão para a Mercedes. 

Felipe Massa teve um retorno mais difícil: após ficar de fora do último GP, na Hungria, o brasileiro errou no TL1 e bateu, ficando de fora do TL2. Já no TL3, não diminuiu velocidade ao se deparar com bandeiras amarelas, o que lhe causou uma perda de 5 posições no grid de largada.

O Q1 também não foi fácil para Massa, que terminou no 16° lugar. Ocorrendo normalmente, Hamilton liderou a primeira parte da classificação, seguido por Vettel, Verstappen, Räikkönen e Bottas. Além de Massa, foram eliminados Kvyat, Stroll, Ericsson e Wehrlein.

Todos foram para o Q2 com ultra-macios (pneus de faixa roxa). Hamilton diminuiu mais ainda e fechou com 1:42.927. Bottas fez o segundo tempo e Räikkönen o terceiro. De fora ficaram Alonso, Grosjean, Magnussen e Sainz. O piloto da casa, Vandoorne, nem chegou a marcar tempo.

O Q3 começou com Palmer abandonando o treino por problemas de câmbio. A briga pela ponta estava entre Hamilton, Räikkönen e Bottas. Após uma troca de pneus, o primeiro tempo continuou sendo do inglês, mas ainda mais rápido, conquistando um novo recorde de volta em Spa. Hamilton igualou o número de poles de Michael Schumacher: 68. Reclamando de uma vibração no carro, Räikkönen ficou apenas com o 4°lugar. Vettel larga em 2° e Bottas em 3°. As RBR ocupam a quinta e sexta posições, com Verstappen e Ricciardo, respectivamente.

E tem novidade na transmissão: pra você que ainda não guardou os números dos carros e seus respectivos pilotos, agora é exibido ao lado do nome, junto com a bandeira do país natal, no inferior da tela.

Confira abaixo os tempos finais do treino de classificação. A largada para o GP belga é amanhã, 9h, horário de Brasília.