[GP Bahrein] Buona Pasqua!

por Jaqueline Trevisan Pigatto

E veio o desempate dos líderes do campeonato: Hamilton lutou bravamente, até o final, mas a liderança do campeonato ficou com Sebastian Vettel (por ora). O alemão começou com uma largada brilhante, conquistando a segunda posição do inglês e causando grande pressão sobre Bottas. O finlandês da Mercedes até que aguentou muito bem e se defendeu por um bom tempo. Antes de qualquer um, na volta 11, Vettel já revelava sua estratégia fazendo uma primeira parada, mas mantendo o composto super macio. Ele só faria mais uma até o final da prova.

E o alemão deu sorte. Duas voltas após seu primeiro pit stop, Verstappen, que também acabava de fazer sua parada, abandona a prova por problemas nos freios. Quase que simultaneamente, Stroll e Sainz se envolvem em uma batida na curva 1, levando o Safety Car para a pista.

Obviamente, muitos aproveitaram para trocarem os pneus, inclusive as Mercedes. Assim, a relargada foi um show de ultrapassagens, todos querendo recuperar seus lugares lá na frente. Ricciardo foi brutalmente ultrapassado 2 vezes, primeiro por Hamilton (que assumia a terceira posição) e depois por Räikkönen. Enquanto isso, Vettel mantinha a ponta e sofria pressão de Bottas.

O inesperado veio segundos depois, no replay: na entrada dos boxes, Hamilton segurou Ricciardo, ganhando assim uma punição de 5 segundos acrescidos ao seu tempo final de prova. A Mercedes trabalhou rápido em estratégias para que o inglês alcançasse a Ferrari, desde pedindo ajuda para Bottas até adiando o máximo que pôde a segunda troca de pneus de Lewis.

Por fim, de nada adiantou. Bottas e Hamilton fizeram seus trabalhos muito bem, mas não foram páreos para Vettel, que seguia com uma vantagem de cerca de 18 segundos sobre Hamilton faltando mais ou menos 10 voltas para o fim da prova. 9 segundos a frente de Bottas e mais 9 de Hamilton. O inglês, logicamente, alcançou o segundo lugar, mas nem sua punição foi necessária para que Vettel ganhasse. Sem mais ultrapassagens entre os líderes, Vettel comemorou um belo domingo de Páscoa.

Räikkönen terminou em quarto, Ricciardo em quinto e Massa em sexto, mantendo a ordem das forças do grid. McLaren, infelizmente, continua sua série de infortúnios: Vandoorne mal pôde largar por problemas no carro e Alonso teve que abandonar a duas voltas para o final por problemas no motor.

Em tempo: impossível não se emocionar com os hinos alemão e italiano no pódio. A eterna lembrança de Schumacher sempre está presente, independente se você é fã da Ferrari ou não. E ver até Sebastian Vettel cantando junto o hino italiano, não foi pouco!

O próximo GP é daqui 2 semanas, na Rússia. Confira abaixo como terminou o GP do Bahrein:

E o campeonato está assim: