[GP Abu Dhabi] Corrida de despedidas e mais uma vitória para Hamilton

por Jaqueline Trevisan Pigatto

O circuito de Yas Marina trouxe um pouco mais de emoção nesse ano, mesmo com o campeonato já decidido e com mais uma vitória de Hamilton. O pódio acabou por refletir o resultado de toda a temporada: Hamilton em 1°, Vettel em 2° e Verstappen em 3°. Ainda que Kimi Räikkönen tenha, de fato, terminado o campeonato de pilotos na terceira colocação.

A despedida do finlandês da Ferrari foi triste: ainda no início da prova, estando na quarta posição, o carro teve uma pane elétrica. Mais ao final da corrida, outros carros também pararam: Ocon e Gasly, que vinham fazendo uma boa prova com várias disputas, se despediram sem concluir a corrida. Ocon em 2019 será piloto de testes da Mercedes, enquanto Gasly assume a vaga de Ricciardo na RBR.

A largada em Abu Dhabi trouxe fortes emoções: Grosjean e Hulkenberg se tocaram, causando um capotamento do alemão, que ficou preso de cabeça para baixo dentro do carro que tinha princípio de fogo. A lentidão dos fiscais para socorrer o piloto causou tensão, mas foi realizada com sucesso. Nico Hulkenberg passa bem (veja aqui o momento do acidente).

Enquanto as primeiras posições não tiveram muitas disputas, o pelotão intermediário protagonizou o GP. Ocon, Perez, Sainz, Gasly, Vandoorne e claro, Verstappen, mostraram porquê são a nova geração da F1. Algumas brigas envolveram também o veterano que infelizmente andou lá atrás o ano todo: Fernando Alonso tentou e fez o que podia durante toda a prova, terminando no 11° lugar sua carreira na F1. Os fãs o elegeram como piloto do dia pelo site oficial da categoria.

Agora a F1 se prepara para uma nova temporada: será que a era da Mercedes continua? Como aparecerão os muitos novatos que chegam a categoria? Leclerc dará trabalho para Vettel na Ferrari? Começaremos a ter essas respostas em março, na Austrália. Confira abaixo como terminou o GP de Abu Dhabi e a classificação final do campeonato de pilotos.