[GP Abu Dhabi – Classificação] Rosberg e Hamilton sustentam a normalidade para a grande decisão.

por Jaqueline Trevisan Pigatto

ham

Após um terceiro livre surpreendente, com o melhor tempo de Sebastian Vettel e as Mercedes em 4° e 5°, o cenário para a classificação estava obscuro, apesar de Lewis Hamilton ter sido o melhor na pista na sexta-feira.

A Ferrari demonstrou um bom desempenho nesse sábado. Räikkönen e Vettel chegaram a ser os primeiros durante o Q1, mas o melhor foi mesmo Hamilton. A novidade foi Rosberg em 5°, atrás dos carros vermelhos e do garoto Max Verstappen. Ricciardo também  não começou muito bem, ficando em 8°, seguido por Felipe Massa. Os eliminados da primeira parte foram Kvyat (17°), Magnussen (18°), Nasr (19°), Ocon (20°), Sainz (21°) e Ericsson (22°). Todos estavam com pneus ultra-macios.

0e4b139d-e0e8-4a77-8fa0-716354a56b66_800

As Mercedes e as Ferrari abriram o Q2, mais uma vez de ultra-macios. Não demorou para que Hamilton marcasse o melhor tempo do final de semana até então: 1:39.382. E com Rosberg em 2°, as coisas pareceram normalizar. Räikkönen foi o 3°, Verstappen o 4°, Vettel o 5° e Ricciardo o 6°. A Williams de Massa conseguiu ir para o Q3, contribuindo para um possível bom resultado em sua última corrida. Foram eliminados Bottas (11°), Button (12°, que também faz muito provavelmente o último GP da carreira), Gutierrez (13°), Grosjean (14°), Palmer (15°) e Wehrlein (16°).

cymtbcew8aar1ev

A noite caiu no circuito de Yas Marina para o último Q3 da temporada. Hamilton abriu os tempos com 1:39.013, 3 décimos a frente de Rosberg. O inglês ainda diminuiu para 1:38.755 e cravou a última pole do ano, com o alemão logo atrás, como esperado. A surpresa ficou por conta de Daniel Ricciardo, que não vinha tão bem até a parte final, onde tirou a terceira posição de Kimi Räikkönen. As Ferrari largam em 4° e 5°. Felipe Massa larga em 9° no seu GP de número 250, última corrida da carreira, a frente de Fernando Alonso, que larga em 10°.

q3

A expectativa agora é grande para a corrida amanhã. Rosberg precisa apenas de um 3° lugar para levar o campeonato. O emocional com certeza será o fator chave para ambos os pilotos da Mercedes. Na coletiva logo após a classificação, Hamilton parecia bem mais tranquilo que o alemão, um pouco mais tenso. As RBR tentarão uma estratégia diferente e largarão de super-macios. O domingo também será de uma provável despedida do campeão de 2009, Jenson Button, que por ora tira 2017 como ano sabático, mas que já está com ar de aposentadoria, mesmo porque sua família está presente em Abu Dhabi nesse fim de semana, assim como a família Massa. A única certeza que temos é de que amanhã será um dia de fortes emoções. Confira o grid de largada para o GP decisivo da temporada 2016 e acompanhe a corrida conosco!

grid