F1 2018: novas regras e novidades dos carros

por Jaqueline Trevisan Pigatto

O logo da categoria já é mudança polêmica!

Com a pré-temporada se aproximando, os fãs da categoria máxima do automobilismo precisam ficar atentos: há modificações nos carros e algumas novidades no regulamento. Vamos listar brevemente as principais mudanças da temporada 2018 da F1.

Motores

Ao invés de 4 motores por temporada, a partir desse ano cada piloto passa a contar com 3. São 21 GPs para durar, o que traz uma redução de custos para as equipes. Que venha a competição pelo melhor desenvolvimento!

Pneus

A Pirelli continua sendo a fornecedora de compostos para a F1, mas agora traz mais opções dentre as quais 3 devem ser selecionadas para cada fim de semana. As novidades são o hypersoft (rosa) e o hard (azul), totalizando 7 tipos de compostos. Para registrar: hypersoft (rosa), ultrasoft (roxo), supersoft (vermelho), soft (amarelo), medium (branco), hard (azul), superhard (laranja).

Halo

A novidade mais temida é a proteção para os cockpits chamada Halo, obrigatória para todas as equipes. Possui um design padrão, mas cada equipe pode fazer algumas alterações na superfície. A questão do peso do carro pode ser um problema.

Transmissões e mídia

A Liberty Media estreou na F1 em 2017 com uma série de testes, buscando aproximar os fãs da categoria e deixar os finais de semana com cara de espetáculo americano. Pois em 2018, o grupo dono da F1 pretende inovar ainda mais, especialmente nas transmissões televisivas. Além disso, está por vir um novo aplicativo e um provável serviço de streaming para transmissões das corridas. Resta aos fãs ficarem atentos nas redes sociais oficiais da F1.

Punições

Com menos motores é bem provável que tenhamos mais punições. Mas a partir desse ano, o piloto que tomar 15 posições ou mais irá automaticamente largar do fim do grid. Caso mais de um piloto vá para a última posição, a formação obedecerá a ordem de troca dos equipamentos (sorte de quem quebrar primeiro).

Essas não são as únicas alterações, mas possivelmente as principais que os fãs notarão na Austrália. E claro, fica aquela expectativa para saber quem vai largar na frente do campeonato: Ferrari, Mercedes, RBR ou teremos surpresa? Infelizmente ainda temos que aguardar um tempinho, pois os testes só começam dia 26 de fevereiro, em Barcelona. O primeiro GP do ano é dia 25 de março, em Melbourne.